Núcleo de Avaliação de Políticas Climáticas

O Núcleo de Avaliação de Políticas Climáticas (NAPC) é o escritório do CPI no Brasil, em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), liderado pelo Juliano J. Assunção, professor no Departamento de Economia da PUC-Rio. O NAPC produz rigorosa análise econômica, institucional e legal que identifica áreas para aprimorar políticas públicas e propõe recomendações concretas em como conciliar desenvolvimento econômico com conservação ambiental. O CPI apoia políticas públicas no Brasil através de rigorosa análise e pesquisa baseada em evidência, parcerias estratégicas com membros do governo e da sociedade civil, através de uma abordagem construtiva e colaboração direta com tomadores de decisão.

CPI Brasil tem um longo histórico com relação a políticas de conservação e uso da terra, tendo conduzido significativas pesquisas e avaliações de políticas de desmatamento e conservação da terra na Amazônia, tornando-se referência acadêmica na área. O CPI utiliza seu conhecimento institucional junto com seu entendimento sobre políticas de conservação e rigorosa análise econômica e legal.

O Núcleo de Avaliação de Políticas Climáticas tem como principais agenda:
– Governança e Leis Climáticas
– Uso da Terra e Conservação
– Instrumentos Financeiros
– Energia
– Infraestrutura
– Agricultura Sustentável

Publicações recentes

Publicação

Melhorando o Processo de Contratação de Estudos Socioambientais em Projetos de Infraestrutura Terrestre

Neste relatório, pesquisadoras do CPI/PUC-Rio fazem uma análise detalhada do processo de contratação pública de EVTEA e EIAs de projetos de infraestrutura de transporte terrestre na Amazônia e revelam: falta de transparência no processo de contratação e falta de critérios para a seleção, avaliação e aprovação dos estudos.

Publicação

Avanços ou Retrocessos na Regularização Fundiária? Análise do Projeto de Lei Nº 2633/2020 sob o Enfoque das Salvaguardas Ambientais

Para entender o que está em discussão e avaliar a eficácia do atual PL nº 2633/2020, pesquisadoras do CPI/PUC-Rio fizeram uma análise detalhada da legislação fundiária em vigor e de todas as propostas que foram discutidas ao longo do processo de tramitação da MP nº 910/2019 e do PL nº 2633/2020.

Publicação

Panorama dos Direitos de Propriedade no Brasil Rural

Nesse trabalho, pesquisadoras do CPI/PUC-Rio identificam os principais problemas da atual situação fundiária no país e caminhos para melhorias.

Publicação

Os Impactos do Crédito Rural na Agropecuária e no Uso da Terra: Uma Análise dos Biomas Brasileiros

Compreender os impactos do crédito rural é essencial para a formulação de melhores políticas agrícolas no Brasil. Nesse trabalho, pesquisadores do CPI/PUC-Rio detalham os efeitos do crédito em cada bioma brasileiro.

Publicação

Onde Estamos na Implementação do Código Florestal? Radiografia do CAR e do PRA nos Estados Brasileiros – Edição 2020

O relatório traz uma análise detalhada das regulamentações estaduais e identifica as ações que estão em curso nos estados, os avanços alcançados e as estratégias adotadas por aqueles que se encontram mais adiantados, as principais lacunas e desafios existentes, e as oportunidades para acelerar a implementação da lei.

Publicação

Política de Crédito Rural no Brasil: Agropecuária, Proteção Ambiental e Desenvolvimento Econômico

Nesse relatório, pesquisadores do CPI/PUC-Rio apresentam uma avaliação aprofundada das políticas brasileiras de crédito rural e discutem seus progressos recentes e atuais desafios. A análise se baseia em anos de pesquisa e discussões com tomadores de decisões, setor privado e pesquisadores acadêmicos.

Publicação

Ciclo de Vida de Projetos de Infraestrutura: Do Planejamento à Viabilidade. Criação de Nova Fase Pode Elevar a Qualidade dos Projetos

Neste documento, pesquisadores do CPI/PUC-Rio colaboraram com a Inter.B com o propósito de analisar os instrumentos de planejamento de infraestrutura, especialmente aqueles relacionados ao setor de transportes terrestres.

Publicação

Medindo os Efeitos Indiretos da Infraestrutura de Transporte na Amazônia

Neste Whitepaper, pesquisadores do CPI/PUC-Rio, destacam a necessidade dos EVTEA e EIAs de projetos de infraestrutura logística incorporarem e identificarem adequadamente os efeitos indiretos que resultam de mudanças nos custos de transporte induzidos por melhorias. Eles descrevem como uma combinação de ferramentas de geoprocessamento e análise estatística pode ser usada para identificar esses impactos e provê exemplos de sua importância.

Equipe

Brenda Prallon

Analista, Agricultura Sustentável e Infraestrutura

Rhayana Holz

Analista, Energia

Juliano J. Assunção

Diretor Executivo, Núcleo de Avaliação de Políticas Climáticas

Arthur Bragança

Coordenador de Avaliação de Política Pública, Agricultura Sustentável e Infraestrutura

Julia Nardi

Analista Legal, Direito e Governança do Clima

Mariana Correia

Especialista de Finanças

Joana Chiavari

Diretora Associada, Direito e Governança do Clima

Clarissa Gandour

Coordenadora de Avaliação de Política Pública, Conservação

Giovanna de Miranda

Coordenadora de Programas e Comunicação

Gabriel Cozendey

Analista Legal, Direito e Governança do Clima

Natalie Hoover

Diretora de Programas

Ana Maria Pinheiro

Especialista de Operações

Priscila Z. Souza

Coordenadora de Avaliação de Política Pública, Instrumentos Financeiros

Amanda Schutze

Coordenadora de Avaliação de Política Pública, Energia

Helena Rodrigues

Analista, Conservação

Cristina Leme Lopes

Analista Legal Sênior, Direito e Governança do Clima

Andreia Medeiros

Assistente Administrativa

Luiza Antonaccio

Analista Legal, Direito e Governança do Clima
up

Esta página contém posts em múltiplos idiomas

Usamos cookies para personalizar o conteúdo por idioma preferido e para analisar o tráfego do site. Consulte nossa política de privacidade para obter mais informações.