Green-FIDC_image-1024x683
Green FIDC

Contexto

Eficiência energética e energias renováveis são componentes cruciais das metas do Brasil para o Acordo de Paris, uma vez que o país busca um aumento de 10% em eficiência energética e uma parcela de 23% de renováveis (exceto hidrelétrica) até 2030.

Existe uma enorme lacuna no financiamento de renováveis e eficiência energética no Brasil. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financia a maior parte dos projetos de energia renovável, mas a recente recessão econômica e novas restrições fiscais reduziram os empréstimos a tais projetos para o índice mais baixo desde 2007. A maioria dos projetos no Brasil dependem de tal financiamento, de forma que sua viabilidade foi colocada em xeque. É preciso financiamento privado de longo prazo para preencher essa lacuna. Porém o mercado de capitais no Brasil para esta finalidade ainda não é bem desenvolvido.

Estratégia

Green-FIDC-Instrument-Mechanics-1024x1024


O Green FIDC adapta uma estrutura financeira já existente no Brasil para fornecer capital de longo prazo e baixo custo para projetos de energias renováveis e eficiência energética.

O Green FIDC adapta uma estrutura financeira já existente no Brasil, o Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) – usado por empresas no Brasil para levantar capital através da securitização de recebíveis, com títulos lastreados por ativos. O instrumento proposto é um tipo de FIDC “verde”, que combina as regulações de um FIDC com critérios de certificação ambiental, e um modelo financeiro adaptado às necessidades de financiamento para projetos de energias renováveis e eficiência energética.

Em um processo de duas etapas, esse instrumento fornecerá o financiamento para a construção e desenvolvimento do projeto através de um veículo financeiro garantido por ativos (o FIDC). Uma vez que o projeto se torna operacional, o financiamento seria reciclado através da venda de novas cotas sênior do FIDC no mercado de capitais doméstico. Levando em consideração os riscos envolvidos, essa estrutura aloca, de forma eficiente e efetiva em termos de custos, recursos públicos e/ou subsidiados para mitigar riscos nas fases iniciais de construção, já que os recursos privados durante esse período são mais escassos. Uma vez que os projetos passam para a fase operacional com fluxos de caixa estáveis, os recursos públicos e/ou subsidiados são pagos ou reciclados em outros projetos.

Essa abordagem aloca riscos de acordo com o tipo de investidor apropriado, e desta forma supera barreiras fundamentais existentes no mercado.

Próximos passos

O Green FIDC colaboraria para a redução de emissões no Brasil, evitando a emissão de até 6 milhões de toneladas de CO2, além de colaborar para a criação de até 3.600 postos de emprego no setor de energia renovável.

Os proponentes estão atualmente desenvolvendo um piloto para a  Órigo Energia usando o conceito Green FIDC para financiar as vendas de sistemas solares na cobertura para consumidores residenciais brasileiros. A falta de financiamento para sistemas solares residenciais tem sido um grande obstáculo à expansão desse mercado no Brasil. Usando o conceito Green FIDC, os consumidores residenciais podem acessar o crédito a taxas de juros mais baixas e prazos mais longos – tornando a compra de sistemas solares na cobertura mais barata que as contas de energia. Atualmente, esse piloto está arrecadando fundos para sua primeira etapa e já garantiu 30% em ações júnior e mezanino de investidores do setor privado brasileiro, demonstrando que o Green FIDC é comercialmente viável.

Os proponentes também estão buscando US$ 700 mil em financiamento de preparação e US$ 75 milhões em capital mezanino para expandir o piloto em um programa de investimentos — estruturando outros 3 Green FIDCs em diferentes setores — de eficiência energética a geração de energia renovável em escala. É necessário apoio público e / ou filantrópico nos estágios iniciais de desenvolvimento. A longo prazo, o objetivo deste programa é alavancar até US$ 1 bilhão em investimentos limpos por meio de vários FIDCs.

up
Usamos cookies para personalizar o conteúdo por idioma preferido e para analisar o tráfego do site. Consulte nossa política de privacidade para obter mais informações.