Depositphotos_182574574_xl-2015-scaled-1024x1024

Neste trabalho, o Climate Policy Initiative (CPI/PUC-RIO) faz uma análise detalhada do impacto da política de crédito rural na produção agrícola, uso da terra e desmatamento no Brasil. As estimativas de impacto são realizadas separadamente para linhas de crédito (Pronaf, Pronamp, Poupança Rural e Recursos Obrigatórios), tipos de produtores (indivíduos e empresas) e finalidade do crédito (custeio, investimento e comercialização).

Os resultados dessa análise desagregada mostram que o crédito para pequenos produtores leva a maior aumento da produtividade agropecuária, uso mais eficiente da terra e redução do desmatamento, quando comparado com crédito direcionado a grandes produtores. Portanto, a política de crédito rural brasileira deve priorizar os pequenos produtores. Dessa forma, os subsídios da política de crédito rural estarão melhor alinhados tanto com as necessidades dos produtores que possuem restrições financeiras quanto com os esforços do país para promover a conservação das florestas.

up

Usamos cookies para personalizar o conteúdo por idioma preferido e para analisar o tráfego do site. Consulte nossa política de privacidade para obter mais informações.