zfm-thumb-1024x652

Este estudo, realizado por pesquisadores do Climate Policy Initiative/ Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (CPI/ PUC-Rio), busca contribuir para esse debate, ao analisar o impacto da Zona Franca de Manaus (ZFM) sobre a indústria brasileira, no que tange particularmente à eficiência produtiva (EP) e à eficiência energética (EE). Os pesquisadores observam que os níveis de eficiência da ZFM e do Brasil são semelhantes e permanecem estáveis ao longo do período analisado. Isso significa que, apesar do alto volume de renúncias fiscais concedidas às indústrias da ZFM, não existe um indicativo de contrapartida em termos de eficiência.

up
Usamos cookies para personalizar o conteúdo por idioma preferido e para analisar o tráfego do site. Consulte nossa política de privacidade para obter mais informações.